Em Almas, Sebrae realiza III Seminário Regional Peixe: um cardume de oportunidades
25/10/2018 15:45 em Sebrae Acontece

O evento visa fomentar o negócio por meio de informações sobre a piscicultura da região sudeste do estado do Tocantins

 

 

 

Nesta sexta-feira, 26, acontecerá o III Seminário Regional Peixe: um cardume de oportunidades, na cidade de Almas. O evento será realizado na Câmara Municipal dos Vereadores, das 09h às 17h. O seminário pretende desenvolver um espaço para divulgar ideias que ajudarão na produção e compreensão do negócio da piscicultura, políticas públicas focadas na pesca e incentivar o empreendedorismo sustentável. A programação inclui palestras com temas voltados a produção da piscicultura, desenvolvimento de políticas referente a pesca, comercialização, regularização ambiental, oportunidades de mercado e pesca esportiva.

 

O evento contará com palestras do engenheiro agrônomo e expert em piscicultura, Carlos Magno e do apresentador de TV e expert em pesca esportiva, Ruy Façanário. São parceiros do Sebrae a Prefeitura de Almas, Ruraltins, Embrapa, Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Naturatins e Pescados Piracema.

 

“O Seminário é de extrema importância para o crescimento econômico e turístico do nosso Estado. Nós vamos reunir os melhores especialistas para informar e incentivar as associações e colônias de pescadores da região”, ressaltou Omar Hennemann, superintendente do Sebrae Tocantins.

 

Dados

Segundo os dados apresentados pela Ruraltins, a piscicultura na região sudeste do estado está sendo praticada em 13 municípios, com uma produção anual de 9.621 toneladas e um total de 1.308 hectares de lâmina d´água. Em 2017, a piscicultura movimentou mais 97 milhões de reais na região sudeste. As espécies de peixes mais cultivadas são: tambaqui, redondos, surubim/pintado, matrinxã/piabanha, piau, curimbatã, caranha, pirarucu e a tilápia. Toda essa produção é desenvolvida em viveiros escavados, barragens, açudes e tanques rede, sendo 54% destinados à comercialização e o restante da produção é direcionado à subsistência e as atividades de lazer.

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!