Sebrae MG visita Palmas em busca de boas práticas em energia solar
23/08/2018 10:15 em Tecnologia

Os visitantes conheceram o projeto Palmas Solar e seus benefícios para implantá-los nos municípios de Minas Gerais.

 

Analistas do Sebrae Minas estiveram na capital, nesta quarta-feira,22, para conhecer, discutir e trocar experiências e boas práticas relacionadas a geração de energia solar.  Depois de visitarem a sede do Sebrae Tocantins e conhecerem alguns pontos turísticos de Palmas, eles se reuniram com a diretoria do Sebrae Tocantins e a Secretaria Extraordinária de Projetos, Captação de Recursos e Energias Renováveis (Secres). A reunião aconteceu no prédio do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae.

 A reunião discutiu incentivos fiscais oferecidos pela Lei Palmas Solar (Lei Complementar nº 327/2015) e regulamentados pelo Decreto Municipal nº 1.220, de 28 de março de 2016. Esse Programa oferece benefícios fiscais aos consumidores que adotarem a geração de energia fotovoltaica em residências, comércios ou indústrias. Os descontos chegam a até 80% no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) por cinco anos. O Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) na primeira transferência de imóvel também recebe descontos.

 Foram apresentados exemplos como projeto de mudança da matriz energética de prédios públicos municipais; implantação de 40 abrigos de ponto de ônibus autossustentáveis; parcerias com universidades locais para pesquisas. Os visitantes também conheceram um projeto de incentivo a renovação de frota de táxis com carros elétricos que pretende tornar Palmas a primeira capital brasileira com frota de táxis movida a eletricidade.

 O analista do Sebrae Minas, João Paulo Palmieri, explicou que pretende usar a experiência de Palmas na elaboração de um guia de orientação para os municípios mineiros interessados em investir na geração de energia solar. “Voltaremos para Minas Gerais com bons exemplos em nossa bagagem.  Essas boas práticas nos ajudarão elaborar estratégias para melhor aproveitamento da energia solar em nosso estado”, ressaltou.

O superintendente do Sebrae Tocantins, Omar Hennemann, sugeriu a realização de uma rodada de negócios com empresas e consumidores para esclarecimento de dúvidas sobre adesão, custos e manutenção sistemas de geração de energia solar. “Será uma oportunidade de apresentar as energias renováveis como oportunidades para os pequenos negócios. Iremos envolver empresas, instituições financeiras que oferecem linhas de crédito para financiamento desses sistemas e os consumidores”, destacou.

 Estiveram presentes o secretário municipal da Secretaria Extraordinária de Projetos, Captação de Recursos e Energias Renováveis (Secres), Fábio Frantz; o presidente do Conselho Deliberativo do Estadual do Sebrae, Pedro Ferreira, o consultor do Sebrae MG, André Ferreira, analistas do Sebrae Tocantins e técnicos da prefeitura de Palmas. Durante o encontro, foi realizada uma visita a uma empresa da capital que é referência em geração de energia solar e venda de painéis fotovoltaicos.  

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!