Sebrae reforça importância da formalização para profissionais da área da beleza
05/03/2018 - 15h06 em Sebrae Acontece

Profissionais que trabalham em sistema de parceria nos salões de beleza, podem procurar as unidades do Sebrae no Tocantins para cadastro no MEI ou Simples Nacional para emitir CNPJ.

As inovações da Lei nº 13.352/2016 mantêm o mercado de profissionais da beleza aquecido no Tocantins. Conhecida como lei do Salão Parceiro, o conjunto de normas está em vigor a mais de um ano e legaliza a formalização de contratos entre salões de beleza e profissionais que exerçam atividades de cabeleireiro, barbeiro, esteticista, manicure, pedicure, depilador e maquiador, criando a figura do “salão-parceiro” e do “profissional-parceiro”.

 

Essas mudanças incentivaram a formalização e hoje o estado conta com quase quatro mil Microempreendedores Individuais (MEI) atuantes no segmento da beleza. Os prestadores de serviços em salões de beleza podem procurar as unidades do Sebrae no Tocantins para se formalizarem como MEI. Para isso, basta procurar uma unidade do Sebrae mais próxima ou agendar atendimento no 0800 570 0800.

 

Para a analista técnica do Sebrae no Tocantins, Cláudia Sakai, a nova lei contribuiu para o crescimento dos pequenos negócios ligados a beleza no Tocantins. Essas mudanças representam um avanço na medida em que estabelecem direitos e obrigações dos pequenos empresários donos de salão e dos prestadores de serviço desses estabelecimentos. Também incentivam o empreendedorismo e garantem maior segurança jurídica para um setor no qual o modelo de parceria sempre esteve presente”, justificou.

 

 

Números

O setor da beleza contribuiu significativamente para movimentar a economia em 2017.  Dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) mostram que o mercado da beleza foi o primeiro setor industrial que mais investiu em publicidade e o segundo setor da indústria que mais investiu em inovação no ano passado.

De acordo Simples Nacional, no Tocantins atualmente existem 3.025 microempreendedores individuais em prestação de serviços como cabelereiros, manicure e pedicure e 715 microempreendedores individuais atuando em serviços de estética. Esses dados também mostram que os serviços de cabeleireiro e estética estão entre as quinze maiores atividades de Microempreendores Individuais (MEI) do estado.

 

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!