Produtor Rural amplia produção leiteira após orientação do Sebrae
12/12/2017 - 9h56 em Tecnologia

“ O Sebrae é um mundo de oportunidade, que está na nossa porta, é só abrir e entrar”, destacou o produtor rural Carlos Magno Martins.

 Ampliar a produção leiteira e criar alternativa de renda para pequenos produtores rurais também é uma das missões do Sebrae. É por isso que o pecuarista Carlos Magno Martins, do município de Colmeia, distante cerca de 220 km de Palmas, viu a produção leiteira de sua propriedade de 25 hectares mais que dobrar de um ano para o outro. Carlos saltou de uma produção diária de mil litros para cinco mil litros de leite.

 Esse resultado, é verdade, só veio após muito esforço e depois de tentar várias atividades como granja de frangos e porcos, o produtor percebeu na atividade leiteira uma oportunidade de negócios. Para melhorar sua renda, Carlos Magno adquiriu mais vacas e começou a fazer queijo. Depois decidiu regularizar a fabricação caseira com a abertura de um laticínio.  A atividade durou pouco tempo.

 Em 2013, depois de visitar uma propriedade que participava do programa Balde Cheio em São Jose do Rio Preto, o produtor mudou seu negócio. “Peguei um financiamento e comprei um rebanho, busquei conhecimento, aprendi o manejo, e trouxe tecnologia e inovação para minha propriedade. Eu procurei o Sebrae para organizar e tornar tudo isso possível no meu negócio. O Sebrae é um mundo de oportunidade, que está na nossa porta, é só abrir e entrar”, explicou Carlos Magno. Hoje, a propriedade e o laticínio empregam juntos seis colaboradores diretos e três indiretos.

 Programa Balde Cheio

 O Programa Balde Cheio é uma metodologia da Embrapa e aplicada pelo Sebrae por meio da transferência de tecnologia com foco no desenvolvimento da pecuária leiteira em propriedades familiares.

COMENTÁRIOS